Fonte: Agência Adital

Esta é uma das principais metas das entidades e redes que atuam na área da economia solidária para 2007. Representantes das redes terão que concluir a primeira consulta pública sobre o texto que regulamentará o sistema. Este é só o começo de uma trajetória que pode garantir uma participação mais incisiva do estado num novo modelo comercial, beneficiando milhares de empreendedores.

Num intenso processo de construção coletiva, que envolve representações como o Fórum Brasileiro de Economia Solidária (FBES), Plataforma de Articulação do Comércio Justo e Solidário – Faces do Brasil e a Organização dos Produtores Familiares para Comércio Justo e Solidário, a possibilidade de uma Instrução Normativa – depois que for discutida e aprovada entre as representações – deverá ser tratada em fevereiro junto ao Governo. A idéia é que regulamentação seja promulgada ainda no primeiro semestre de 2007.

O processo conta com todos e você pode encaminhar suas contribuições até a primeira semana de fevereiro de 2007 para Miguel Steffen (miguelste1@yahoo.com.br) ou Rose Gomes (rgomes@fase.org.br).

Acesse a proposta de Instrução Normativa do Sistema Brasileiro de Comércio Justo e Solidário em http://www.fbes.org.br/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=369

Acesse o texto Sobre o grupo de Trabalho – Sistema do Comércio Justo e Solidário – GT-Sistema em http://www.fbes.org.br/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=432

 

Leia a íntegra em: www.fbes.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=1730&Itemid=1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *