Fonte: Secretaria Executiva do FBES e FACES do Brasil

De 27 de janeiro a 1° de fevereiro de 2009, a cidade de Belém abrigará o Fórum Social Mundial. Durante esses seis dias, a cidade assume o posto de centro da cidadania planetária e referência mundial no questionamento à desigualdade, à injustiça, à intolerância, à devastação ambiental e ao preconceito.Desde a sua primeira edição, em 2001, a economia solidária está presente no FSM. Em 2009, atividades autogestionárias (oficinas, painéis e conferência) debaterão a economia solidária e haverá espaços de comercialização de produtos de empreendimentos econômicos-solidários: feira e praça de alimentação.

Toda a participação da economia solidária no FSM está em construção! A organização a partir dos Fóruns Estaduais de Economia Solidária será fundamental para garantir a presença representativa das/os trabalhadoras/es em Belém.

Já estão inscritas quatro atividades em que o FBES provocará a discussão/ reflexão sobre a economia solidária no país e no mundo:

– Conferência internacional sobre economia solidária, em parceria com a RIPESS;

– Painel sobre a organização da economia solidária no Brasil;

– Oficina sobre redes da economia solidária e

– Oficina sobre sistemas de informação e economia solidária, em parceria com Solidarius.

As centenas de atividades autogestionadas como acampamentos, oficinas, seminários, conferências, testemunhos, marchas, atividades culturais e artísticas entre outros que acontecem ao longo desses dias são espaços de intercâmbio, reflexão e elaboração de propostas para a construção de outro mundo possível.

O território onde serão desenvolvidas as atividades durante o Fórum Social Mundial é composto pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e pela a Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), em uma área verde margeada pelo rio Guamá e pela floresta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *