Data: 10 de setembro de 2011

Horário: 9h00 às 17h30

Local: ALESP – Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo – Auditório Franco Montoro

Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, 201, Ibirapuera, São Paulo/SP

O momento político da cena sócio-ambiental no mundo, e, especificamente no nosso país e no Estado de São Paulo impõe ao cidadão assumir posições.

Mas, ao se posicionar de algum modo o cidadão tem que fazê-lo com consciência do que está posto como problema.

Essa conferência será uma oportunidade de traduzirmos o que foi  feito ao longo de vinte anos desde a Rio 92 em termos da assertiva do conceito de “desenvolvimento sustentável”, onde o crescimento econômico, em tese, não impediria que se fizesse conservação ou preservação ambiental.

Esse conceito se consolidou como uma realidade plausível e confiável  a ponto de impedir, por exemplo, o que os cientistas vem anunciando nos relatórios do IPCC (Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas) para um horizonte próximo – de que se não fizermos algo a tempo que diminua as emissões de gases estufa e impeça o aumento da temperatura do planeta teremos sérias dificuldades em gerenciar os problemas decorrentes de variações climáticas extremas? Ao que tudo indica, a resposta vem demonstrando que “não”! Mas não podemos negar os avanços e é o que pretendemos aprofundar juntos até a Rio+20 envolvendo a maior parte da sociedade paulista.

Com o objetivo específico de articular e facilitar a participação da sociedade civil foi criado o Comitê Facilitador da Sociedade Civil Brasileira para a Rio+20, que tem sua versão no estado de São Paulo como Comitê Paulista para a Rio+20:
http://www.rio2012.org.br/images/stories/pub/Venha_reinventar_o_mundo_na_Rio.pdf

http://www.facebook.com/groups/218366488193611/

Divulgue e participe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *