• catalisa@catalisa.org.br
  • Tel: 0(xx)33 4103-0116

O Brasil produz cerca de 230 mil toneladas de lixo por dia. Isso equivale a duas filas de caminhões de lixo de 5 toneladas, ocupando o espaço de dez pontes Rio-Niterói. Cada brasileiro gera diariamente, em média, 500 gramas de lixo. Esse número pode chegar a 1kg, dependendo do poder aquisitivo e do local onde se vive. Só em São Paulo são produzidas 12 mil toneladas diárias. Em algumas cidades brasileiras, quase metade do lixo é atirado pelas ruas, em terrenos baldios, rios, lagos e até mesmo no mar.

O lixo que descartamos em casa é normalmente colocado em sacos plásticos fechados. Cerca de 35% do lixo coletado poderia ser reciclado ou reutilizado, e outros 35% poderiam ser transformados em adubo orgânico. De tudo o que é coletado, apenas uma pequena parte é destinada adequadamente a aterros sanitários. O restante é depositado em lixões, sem nenhum tratamento.

Reduzir a quantidade de lixo é um compromisso de todos. Se pensarmos que cada pessoa produz cerca de 180 quilos de lixo num ano, percebemos facilmente que minimizar esse quadro depende da atitude de cada um de nós.

Importância da reciclagem - Todo o material descartado e que se transforma em lixo nas grandes cidades pode, em larga escala, ser recuperado como matéria-prima e reutilizado na fabricação de novos produtos. A isso damos o nome de reciclagem. Dessa maneira, evita-se que esse material acabe no lixo e diminui-se a quantidade de resíduos sólidos.

Através da coleta seletiva é possível transformar o lixo urbano em uma grande fonte de renda, ajudar a aumentar a vida útil dos aterros sanitários e reduzir os gastos do município com a limpeza da cidade. Evitar o desperdício e reciclar o lixo é o melhor meio de transformar frascos de plásticos, vidros, alumínio, papéis e borracha em matéria-prima para a indústria sem que haja a necessidade, por exemplo, de novas extrações minerais ou corte de árvores.

RECICLAGEM - COMPRE ESTA IDÉIA

Para participar da reciclagem, você pode procurar um catador que recolha material reciclável em sua rua ou condomínio, um dos Postos de Entrega Voluntária (PEV) mantidos pelo Departamento de Limpeza Urbana (LIMPURB), recicladores e/ou sucateiros do município ou ainda instituições sociais que trabalham com materiais recicláveis.

Medidas que podem ser implantas em nosso dia-a-dia para reduzir a produção de lixo e estimular o consumo consciente:

  • Participe de programas de coleta seletiva (conheça o endereço de algumas cooperativas e instituições que trabalham com material reciclável no nosso site);
  • Evite comprar legumes, frios e carnes em bandejas de isopor;
  • Procure produtos que tenham menos embalagens ou utilize aqueles que tenham embalagem reciclável;
  • Quando for comprar presentes, evite a utilização de embalagens em excesso;
  • Quando for fazer compras nos supermercados e feiras, leve a própria sacola ou reutilize as sacolinhas das compras como sacos de lixo;
  • Evite comprar produtos embalados em pets (garrafas de plástico), preferindo, sempre que possível, garrafas de vidro;
  • Compre o suficiente para consumo, evitando desperdício de produtos e alimentos;
  • Ponha no prato só o que você realmente for comer;
  • Reaproveite sobras de alimentos de outros pratos: a casca de maçã serve para fazer chá, o talo de agrião pode ser utilizado em sopas, o talo de couve pode ser usado em sucos, a folha de cenoura pode ser consumida em saladas ou bolinhos etc;
  • Utilize a frente e o verso do papel para escrever;
  • Reaproveite vidros de geléia, maionese, massa de tomate etc;
  • Participe de bazares e feiras de troca, como as que são organizadas pela Arquidiocese de São Paulo e pela Escola Cooperativa;
  • Doe móveis, roupas, utensílios domésticos e brinquedos para instituições beneficentes ou famílias carentes;
  • Quando possível, utilize o lixo orgânico para compostagem de jardins e hortas caseiras;
  • Controle o uso da água: não deixe a torneira aberta à toa, abra e feche várias vezes, é melhor do que deixar a água correr sem necessidade;
  • Desligue a TV se não estiver realmente assistindo e a luz do lugar onde não houver alguém.

 

LEMBRETE: A maior parte do que jogamos fora não é sujo, fica sujo depois de misturado. Se você separar antes os materiais que podem ser reciclados, a quantidade de lixo a ser coletado é muito menor.