Realizações – Área Social

A CATALISA já realizou diversos trabalhos e projetos com foco no desenvolvimento social, educacional e ambiental.

É uma OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público.

Na área SOCIAL, qualificação profissional e geração de trabalho e renda, destacamos:

  • Oficinas de Formação em Leitura Dramática em Escolas Públicas de Minas Gerais: desenvolvidas durante o período de setembro e outubro de 2017 contemplando 4 escolas da rede pública de ensino de Belo Horizonte e região metropolitana, que culminou num evento de encerramento no contexto do Programa de Extensão Interfaces da Formação em Línguas Estrangeiras da Faculdade de Letras da UFMG.
  • Desenvolvimento Comunitário no Jardim São José II: atendendo demanda da Associação Joseense para o Fomento da Arte e da Cultura – AJFAC. O projeto teve como objetivo promover a capacitação social, favorecer a identificação e mobilização de atores sociais, na discussão e construção de ações de enfrentamento aos problemas comuns, por meio dos Jogos Cooperativos. O projeto foi executado com elevada qualidade em 2015.
  • PlanSeQ – Plano Setorial de Qualificação e PlanTeQ – Plano Territorial de Qualificação: parceria com a Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte – SETRE, da Bahia. O público do Sistema Público de Emprego, Trabalho e Renda foi beneficiado com cursos gratuitos nas áreas de Alimentos, Comércio, Confecção, Construção Civil, Estética, Mecânica e Serviços. Realização 2013.
  • SETE/MG – Programa Projovem Trabalhador/Juventude Cidadã Minas Gerais 2012 – a CATALISA foi uma das nove instituições selecionadas e contratadas pela SETE – Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego de Minas Gerais, sob gestão da FUNDEP – Fundação de Desenvolvimento e Pesquisa, para execução de ações de educação profissional e jovens com vistas à inserção no mundo do trabalho, em diversos arcos ocupacionais. São beneficiados mais de mil jovens em onze municípios do norte e nordeste de MG. Cronograma: junho a dezembro de 2012.
  • Programa REDES para o Desenvolvimento Sustentável – consultoria realizada pela CATALISA no Estado de Tocantins envolvendo formação e capacitação de grupos beneficiados, fomento de instâncias participativas, desenvolvimento de conselhos locais, diagnóstico socioeconômico da região, implemento de projetos aprovados e monitoramento da execução. Período: setembro de 2011 a março de 2012.
  • Plano Territorial de Qualificação – PLANTEQ/MG 2010 – A CATALISA foi entidade executora em diversas regiões do Estado de Minas Gerais, atendendo demandas de Qualificação Social Profissional nas áreas de Auxiliar Administrativo para portadores de necessidades especiais em Uberlândia; Pespontador de Calçados em Pitangui; Eletricista – NR 10 em Ouro Preto; Garçom, Recepcionista e Vendas em Taiobeiras. Todos os beneficiários atendidos finalizaram a qualificação social e profissional com elevado índice de participação e aproveitamento, e posteriormente foram encaminhados a unidade de atendimento do SINE para inserção ao mundo do trabalho.
  • ISO 26000 – Norma Internacional de Responsabilidade Social – a CATALISA participa do GAO – Grupo de Articulação de ONGs Brasileiras na Construção da Norma ISO2600, desde sua constituição em julho de 2006, atuando no Conselho Consultivo do GAO. Promovemos Reuniões e Seminários temáticos com o objetivo de estudos e propostas no conteúdo da Norma. Com publicação da ISO 26000 em novembro de 2010, fazemos o acompanhamento de sua implantação e desdobramentos.
  • SEDESE – Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, Minas Gerais, Subsecretaria de Assistência Social: a CATALISA realizou um programa de capacitação em cidadania e de inclusão digital, para um total de 250 alunos, com o objetivo de estimular o desenvolvimento de competências, habilidades e atitude para ações sociais e o protagonismo juvenil nas comunidades de Teófilo Otoni/MG. As atividades aconteceram semanalmente ao longo de março a setembro de 2010.
  • Consórcio Social da Juventude – Teófilo Otoni/MG e Região – A CATALISA foi entidade selecionada pelo MTE – Ministério do Trabalho e Emprego, aprovada em Audiência Pública ocorrida na Superintendência Regional do Trabalho de Belo Horizonte. Convênio com o MTE no âmbito do Programa Nacional de Estímulo ao Primeiro Emprego para Jovens, tendo a função de Entidade Âncora e Executora. Numa ação em rede, forammobilizadas instituições da região para realizarmos cursos de qualificação social/profissional e geração de trabalho e renda, na formação cidadã e em diversos arcos ocupacionais, bem como a criação e manutenção de 7 Centros da Juventude. Atendemos 4.000 jovens de 16 a 24 anos, em situação de vulnerabilidade social e pessoal, das cidades de Teófilo Otoni, Ataléia, Catují, Frei Gaspar, Itambacuri, Ouro Verde de Minas e Poté, em Minas Gerais, Vale doMucuri, uma das regiões de menor índice dedesenvolvimento humano do país. Meta de inserção de 30% dos jovens no mundo do trabalho. Projeto conhecido como Superação Mucuri (www.csjmucuri.org.br)
  • Oficina de Talentos ALL 2006/2007 – Programa da América Latina Logística do Brasil S/A, de qualificação profissional para jovens de 15 a 27 anos, voltado à mecânica e eletricidade, com posterior encaminhamento para postos de trabalho na própria ALL ou em companhias parceiras da concessionária. Cursos ministrados pela CATALISA nos municípios de Porto Alegre-Canoas/RS e Mafra/SC – Rio Negro/PR. Período setembro de 2006 a abril de 2007. Cursos aprovados e atestados pela ALL.
  • PlanTeQ Paraná 2006/2007 – Plano Territorial de Qualificação: a CATALISA foi habilitada e contratada pela SETP – Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego e Promoção Social – Paraná, com recursos do FAT – Fundo de Amparo ao Trabalhador, num total de 23 ações, sendo 7 na área de alimentação, 3 ações na área de mecânica e 13 ações na área da economia solidária (associativismo e cooperativismo), atendendo cerca de 500 beneficiários em Curitiba e região metropolitana, bem como regiões de Maringá e de Londrina. Período: novembro de 2006 a fevereiro de 2007.
  • ProEsQ 2006 – Programa Especial de Qualificação: “Desenvolvimento de Materiais Didáticos Aplicáveis à Qualificação Profissional, Experimentação e Validação da Metodologia em Escala Nacional através de Cursos de Multiplicação”, voltado a trabalhadores do Sistema Público de Trabalho e Economia Solidária, executado pela CATALISA com recursos do MTE – Ministério do Trabalho e Emprego. O Projeto tevepor objeto os seguintes temas:Nutrição e Dietética; Segurança noTrabalho;Auxiliar de Farmácia e Mecatrônica. Cada objeto do Projeto foi desenvolvido em 5 Fases: 1) organização geral de Seminário Temático reunindo palestrantes e especialistas da área; 2) desenvolvimento de metodologia e materiais didáticos de qualificação profissional; 3) Oficina de desenvolvimento metodológico com Educadores; 4) Cursos de Experimentação do material didático e validação em escala nacional realizados nos seguintes municípios: Belém/PA; Belo Horizonte/MG; Camaçari/BA; Caxias do Sul/PR; Cuiabá/MT; Curitiba/PR, Recife/PE e Santana de Parnaíba/SP; 5) distribuição do material didático. Período: abril a dezembro de 2006. Materiais didáticos aprovados e disponibilizados pelo MTE.
  • SEMEDES – Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social de Santana de Parnaíba: a CATALISA realizou Cursos de Inicialização em Vendas, Inicialização em Telemarketing e Curso de Qualificação em Serviços Domésticos, atendendo demandas locais para jovens e adultos no período de maio a outubro de 2006. Cursos com qualidade atestada pela SEMEDES.
  • Fórum Paulista de Economia Solidária: a CATALISA integrou a Comissão de Apoio da “Primeira Feira Nacional de Economia Solidária”, realizada no Pavilhão de Exposições da Bienal, Parque Ibirapuera, São Paulo, nos dias 05 a 09 de abril de 2006 – Evento TEIA – uma parceria entre MinC – Ministério da Cultura e MTE – Ministério do Trabalho e Emprego. Esse importante evento reuniu centenas de empreendimentos solidários e pontos de cultura representativos dos 27 Estados brasileiros, comintensa programação artística e cultural que atraiu um público de cerca de 50.000 pessoas.
  • SESCOOP – Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo: ministramos Curso de capacitação em Educação Cooperativista com Jogos Cooperativos voltado para Cooperativas e profissionais ligados à temática de responsabilidade social. Junho de 2006. Curso com avaliação altamente positiva.
  • PNQ 2005 / SERT – Plano Nacional de Qualificação: a CATALISA foi habilitada e conveniada com a SERT – Secretaria do Emprego e Relações de Trabalho do Estado de São Paulo, com recursos do FAT – Fundo de Amparo ao Trabalhador. Projeto de Qualificação Social e Profissional, desenvolvido no município de Santana de Parnaíba, em parceria com a SEMEDES – Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social, com objetivo de geração de trabalho e melhoria de qualidade de vida à comunidade local. Curso avaliado altamente positivo e atestado pela SERT.
  • PROESQ 2005Programa Especial de Qualificação / Ministério do Trabalho e Emprego – “Projeto Microcrédito”: desenvolvimento de materiais didáticos aplicáveis à qualificação na área de Microcrédito e experimentação e validação da metodologia em escala nacional. Executado pela CATALISA no período de fevereiro a abril de 2005, em parceria com o Instituto de Educação e Pesquisa Data Brasil, com recursos do MTE. Os resultados desse Projeto representam uma importante ferramenta de fomento e expansão do Microcrédito no país e de fortalecimento da atividade produtiva, democratização da informação e acesso ao crédito, como direito de cidadania e melhoria de qualidade de vida para a enorme parcela da população de baixa renda e empreendedores de empreendimentos de pequeno, micro e nano porte. Período: fevereiro a maio de 2005. Materiais didáticos aprovados e disponibilizados ao MTE.
  • PNQ 2004 / SERT – Plano Nacional de Qualificação: a CATALISA foi habilitada e conveniada pela SERT – Secretaria do Emprego e Relações de Trabalho do Estado de São Paulo, com recursos do FAT – Fundo de Amparo ao Trabalhador. Projeto “Célula do Cooperado”: atuação na qualificação profissional – Cooperação, Associativismo e Cooperativismo – nos municípios de Barueri, Santana do Parnaíba e São Bernardo do Campo/SP, com o objetivo de capacitação para gestão coletiva do trabalho e geração de renda. Cursos avaliados altamente positivos e atestados pela SERT.
  • FAO / ONU – Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação: Projeto de Criação de Redes de Economia Solidária nos Distritos Cidade Ademar e Pedreira, São Paulo/SP. Realizado pela CATALISA no período de abril a novembro de 2004 em parceria com a SDTS/PMSP – Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade da Prefeitura Municipal de São Paulo e gestão compartilhada com diversas entidades de fomento à Economia Solidária. Objetivou o fortalecimento e a sustentabilidade dos empreendimentos populares solidários, de caráter coletivo e familiar, tanto econômico como cultural e organizativo, articulação de instrumentos de apoio, estudo de cadeias produtivas e estabelecimento de parcerias locais para sua inserção no ambiente social e econômico local, bem como sua autonomização organizativa. Destacamos a assessoria realizada à Associação dos Empreendedores Solidários da Cidade Ademar e Pedreira – AESCAP – com participação de vários segmentos econômicos: construção civil, alimentação, artesanato, costura, educação ambiental e reciclagem, estética e comércio – e constituição da ACAS – Associação Cultural de Artesãos Solidários, com representantes dos diversos Distritos da cidade e desenvolvimento do artesanato urbano. Projeto avaliado positivo e atestado pela FAO.
  • ACAS – Associação Cultural dos Artesãos Solidários da Cidade de São Paulo: parceria entre CATALISA, ISES – Instituto de Socioeconomia Solidária, ANTEAG – Associação Nacional dos Trabalhadores de Empresas de Autogestão, Cooperativa INTEGRA e ITS – Instituto de Tecnologia Social. Processo originado no Programa Oportunidade Solidária da SDTS – Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade da Prefeitura Municipal de São Paulo em 2004. A idéia de criar um centro público de referência para revelar, promover a cultura e o artesanato da cidade de São Paulo e construir uma identidade artesanal e cultural da cidade surgiu como necessidade de caracterizar a grande diversidade da produção de artesanato, catalisar talentos e potencial de criatividade dos artesãos, nutrir a humanização e favorecer a capacitação dos profissionais do artesanato, bem como possibilitar a geração de trabalho e renda para inúmeras famílias.
  • FÓRUM Municipal de Economia Solidária: participação na co-organização das II, III, IV e V Feiras Municipais de Economia Solidária – EcoSol – da Cidade de São Paulo, realizadas em dezembro de 2003, dezembro de 2004 e dezembro de 2005, respectivamente, no Projeto Oficina Boracea, Barra Funda, Praça Roosevelt e Espaço Feira de Quem Faz, Centro, com a participação, exposição e venda de diversos empreendimentos populares solidários representativos de vários segmentos econômicos. Feira de Trocas com Moeda Social e intensa atividade cultural no âmbito da Economia Solidária.
  • ITCP / UNICAMP – Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares: ministramos Módulo sobre Jogos Cooperativos no Curso de Formação de Formadores. Programa de extensão universitária da UNICAMP para projetos sociais de assessoria a empreendimentos coletivos baseados na autogestão.
  • FETRABALHO SP – Federação das Cooperativas de Trabalho: ministramos no ano de 2004 Cursos modulares de qualificação profissional para cooperados de diversas Cooperativas, com destaque para os temas: Gestão de Conflitos na Vida Pessoal e Profissional, Postura Profissional: Trabalhando com Vocações e Princípios Cooperativos através de Jogos Cooperativos. Cursos aprovados e atestados.
  • Sociedade CÁRITAS São Francisco: Curso de Qualificação em Cooperativismo e Economia Solidária realizado em junho e julho de 2004 para empreendimentos populares do município de Jandira/SP, e assessoria desenvolvida no período de setembro a novembro de 2004, apoiados pela Rede de Economia Solidária da Itália.
  • SDTS/PMSP – Secretaria do Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade da Prefeitura Municipal de São Paulo – Trabalho de Sensibilização: no período de setembro e outubro de 2003 a CATALISA realizou qualificação sobre cooperação e economia solidária para beneficiários do Programa “Renda Cidadã” na Zona Leste e bolsistas da Capacitação Ocupacional em Costura, sob a parceria do Sindicato Têxtil.
  • SDTS/PMSP – Secretaria do Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade da Prefeitura Municipal de São Paulo – Formação Cidadã e Cooperativista: no período de dezembro de 2003 e janeiro de 2004 a CATALISA realizou qualificação profissional para jovens da favela de Paraisópolis – São Paulo, beneficiários do programa “Bolsa Trabalho” e “Capacitação Solidária”, em parceria ao projeto “Recicla Jeans” – Instituto Florescer.
  • Programa Oportunidade Solidária / SDTS – Programa de inclusão social, geração de ocupação e renda: no período novembro 2002 a novembro 2003, a CATALISA atuou em parceria com a Secretaria do Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade da Prefeitura Municipal de São Paulo, com recursos da UNESCO. Atuamos nos Distritos de Cidade Ademar e de Pedreira, região sul da cidade, através da mobilização comunitária, incubação de empreendimentos populares, coletivos e familiares, de caráter solidário e fomento da Economia Solidária. Programa de grande repercussão no fomento à Economia Solidária e distribuição de renda às populações dos bairros periféricos.