This wig ornaments appears very early. As early as in ancient Egypt, the ancient Egyptian men have shaved his head after all shave and wear wigs. Later the Romans by Egyptian influence, is also keen to wear a wig.cosplay wigsclip in hair extensionshuman hair extensions for womenclip in human hair extensionsreal hair wigshuman hair wigs for white women
ESTUDO AVALIA ATUAÇÃO DO SETOR PRIVADO NO SANEAMENTO
  • catalisa@catalisa.org.br

Mais Notícias

Oficinas de Formação de Leitura Dramática em Escolas Públicas de Minas Gerais

2017-11-10 09:30:10

8º Fórum Mundial da Água será em Brasília, em março de 2018

2017-11-01 18:00:47

Premiação no Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental 2017

2017-10-09 09:16:34

7º Simpósio Nacional de Ciência, Tecnologia e Sociedade

2017-10-08 17:57:00

Congresso ABES FENASAN 2017 aconteceu em São Paulo

2017-10-06 17:51:43

FUNDACENTRO-SP realiza Semana de Segurança Química

2017-09-06 15:56:40

ABES-MG promove Curso Noções sobre saneamento básico

2017-09-06 15:12:52

IX Simpósio Brasileiro de Engenharia Ambiental (SBEA) acontece em julho de 2017 na UFMG

2017-05-19 15:37:42

CATALISA participa do Programa Tecendo Projetos Socioambientais da UMAPAZ

2017-05-17 15:43:36

Água, gestão e sustentabilidade

2017-05-05 12:37:03

Conferência Líder em tecnologias de águas e águas residuárias 2017 acontece em Florianópolis/SC

2017-04-05 15:00:00

Novos Núcleos CATALISA

2017-02-01 12:33:47

Catalisando 2016

2016-12-13 21:00:00

Simpósio Brasileiro de Engenharia Ambiental (SBEA) - Etapa Sudeste

2016-11-05 17:00:00

5o. Congresso Lationoamericano de Dessalinização e Reúso de Água acontece em Santiago, Chile

2016-10-15 13:10:00

Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2016

2016-09-16 13:00:00

Os 10 conflitos ambientais mais explosivos do mundo

2016-08-10 14:00:00

Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS)

2016-02-01 17:46:19

Cinco mudanças ambientais já em curso no Brasil e seus impactos

2015-12-06 13:55:00

RECOMENDAÇÕES DA ECONOMIA SOLIDÁRIA À AGENDA DE DESENVOLVIMENTO PÓS 2015 DA ONU

2014-06-24 15:46:28

Assinar Newsletter

Fonte: Site Ambiente Brasil

Um levantamento encomendado pelo Ministério das Cidades e por onze entidades do setor de saneamento vai analisar a atuação das cerca de 40 companhias privadas que prestam serviços de água e esgoto no Brasil. O estudo vai abordar desde aspectos que afetam os consumidores, como a tarifa e a qualidade dos serviços, até o impacto no orçamento dos governos municipais. O objetivo é produzir uma pesquisa criteriosa que permita verificar as vantagens e as desvantagens da atuação do setor privado no saneamento. A pesquisa, que será realizada por uma consultoria contratada pelo governo federal, deve começar em fevereiro e ficar pronta antes do final do ano. Os trabalhos serão coordenados por uma equipe formada por dois representantes de entidades do setor e dois especialistas do PMSS (Programa de Modernização do Setor Saneamento) — projeto desenvolvido pela Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental, do Ministério das Cidades, com o apoio do PNUD.
O levantamento representa o mais abrangente estudo sobre a participação do setor privado no saneamento realizado no Brasil, segundo Nyedja da Silva Marinho, consultora do PMSS que integra a equipe de coordenação da pesquisa. Ela conta que o trabalho busca responder a três perguntas: Qual o impacto da participação do setor privado no acesso e na qualidade dos serviços; qual o impacto na eficiência das empresas; e qual o impacto fiscal, no orçamento das prefeituras. “Esse estudo vai dirimir muitas dúvidas que ainda existem sobre a participação do setor privado”, afirma Nyedja.
Para avaliar a atuação das companhias privadas a partir da perspectiva dos consumidores, o estudo deve analisar itens como o preço das tarifas, o nível de acesso entre a população de baixa renda e a qualidade dos serviços. Em relação às empresas, a pesquisa deve verificar se foram feitos investimentos e melhorias operacionais. Já do ponto de vista dos governos, a avaliação será principalmente sobre o impacto fiscal, produzido pela transferência dos serviços à iniciativa privada. “Quando a prefeitura deixa de ter um departamento de água e esgoto, ela passa a não ter mais gastos administrativos com pessoal”, explica Nyedja.
Atualmente, existem cerca de 40 companhias privadas prestando serviços de saneamento no Brasil. Essas empresas atendem aproximadamente 7 milhões de pessoas em 63 municípios.
human wigs for white womenreal hair wigs for womenreal hair wigsPaula young wigs for women - Real hair wigslong angled bob